Artigos




OS DIVERSOS BENEFÍCIOS DO ÔMEGA 3



Integrante da família dos ácidos graxos poli-insaturados – também chamadas de gorduras saudáveis – o Ômega 3
apresenta diversos efeitos benéficos no organismo, principalmente no sistema cardiovascular e cérebro.


    O Ômega 3 despertou o interesse da medicina após observar-se que esquimós apresentam baixa incidência de doença cardiovascular, apesar da dieta elevada de gorduras, aparentemente uma contradição. Pesquisas posteriores mostraram que o tipo de gordura ingerida pelos esquimós era predominantemente composta por ácidos graxos poli-insaturados, ricos em EPA (ácido ecosapentaenóico) e o DHA (ácido docosaexaenoico), duas formas de gordura da família do ômega 3.



     O EPA está relacionado, principalmente, com a saúde cardiovascular, enquanto que o DHA é considerado fundamental para o desenvolvimento do sistema visual e cerebral, além de estar associado a saúde materno-infantil.
   
   Para vegetarianos e veganos, uma alternativa para garantir os benefícios de ômega 3 é o consumo de óleo de linhaça, já que é uma fonte vegetal deste ácido graxo.

Principais benefícios:

  • Fortalece o sistema imunológico;
  • Contribui para um apele saudável;
  • Auxilia no controle da pressão arterial;
  • Possui efeito anti-trombótico, ou seja, inibe a agregação plaquetária, além de estimular a vasodilatação;
  • Promove a saúde cardiovascular;
  • Tem ação anti-inflamatória.


Casa e tijolo
Imaginem que se a gordura fosse uma casa, os ácidos graxos seriam os tijolos. Em outras palavras, os ácidos graxos são as unidades básicas que formam as gorduras. Nosso organismo precisa de gordura para funcionar adequadamente e os ácidos graxos são essenciais na formação e no funcionamento das células.  O problema é que nem todos os tipos de gordura são essenciais, e algumas delas, quando em excesso, podem nos fazer mal, como é o caso das gorduras saturadas.

    De acordo com suas características, classifica-se os ácidos graxos em:



  • Ácidos graxos saturados
  • Ácidos graxos monoinsaturados
  • Ácidos graxos poliinsaturados


    Alimentos ricos em gorduras mono e poliinsaturadas são os mais saudáveis como abacate, nozes, azeitona, oleaginosas – nozes, castanhas, amêndoas etc. –, sementes oleaginosas – gergelim, linhaça, girassol, abóbora etc. – e peixes como salmão, atum, truta, anchova e sardinha.

    Atualmente, o ômega 3 é facilmente encontrado sob a forma de cápsulas gelatinosas, que contêm 1000 mg de óleo de peixe. É importante destacar que as concentrações de EPA e DHA, os tipos de ômega 3 que o nosso corpo precisa, podem ser bastante diferentes de uma marca para outra. Em nossa loja – loja.jcbaldan.com.br apresentamos tanto o Ômega 3 – rico em EPA -  quando o DHA, rico em DHA.


Coração
O ômega 3 apresenta diversos efeitos benéficos para o coração, melhora a eficiência do músculo cardíaco, reduz a demanda de oxigênio, controla a frequência cardíaca e reduz o risco de arritmias.


Pressão arterial
     O consumo de pelo menos 1000 mg de EPA + DHA é capaz de reduzir os níveis da pressão arterial em até 5 mmHg de pressão sistólica e 3 mmHg de pressão diastólica. O efeito do ômega 3 sobre a pressão arterial é mais pronunciado em pessoas com mais de 45 anos e menos efetivo nos pacientes entre os 15 e 30 anos.


Cérebro
O consumo regular de ômega 3 na dieta está relacionado a menor risco de desenvolvimento de demências, incluindo Alzheimer. Em relação ao AVC, a situação é semelhante. Uma dieta rica em ômega 3 reduz o risco de derrames cerebrais.


Anti-inflamatório
O poder anti-inflamatório do óleo de peixe – EPA e DHA – no controle de alguns mediadores inflamatórios é amplamente reconhecido pela medicina. Um dos principais marcadores da inflamação, a substância chamada proteína C reativa (PCR), mostra que pacientes com níveis de PCR constantemente acima do normal apresentam maior risco de desenvolver doenças cardiovasculares.
Estudos clínicos examinaram efeitos anti-inflamatórios do óleo de peixe em artrite reumatoide, doença autoimune que inflama articulações e há uma série de estudos que mostram que a suplementação de ômega 3 ajuda a reduzir a intensidade da dor das artrites. Mesmos resultados são encontrados em doenças como lúpus, osteoatrose e até cólicas menstruais.


Doença de Berger
A nefropatia por IgA – doença dos glomérulos renais que pode levar à insuficiência renal grave – pode ser utilizado o óleo de peixe como opção complementar ao tratamento habitual já que parece diminuir o risco de progressão da doença.


Você pode comprar tanto o Ômega 3 rico em EPA, como o próprio DHA em
nossa loja virtual - loja.jcbaldan.com.br.
Se precisar de mais informações, estamos à disposição.